Saltar para o conteúdo principal

Eva Ferreira

Procurar
Home page
http://www.google.com
História
  

Outros Blogues
Não existem itens nesta lista.
Eva Ferreira > Artigos > O Processo de hominização
O Processo de hominização

Foram necessários milhões de anos para que o homem aparecesse como um ser distinto do mundo animal.

 

Essa transformação iniciou-se na sequência de alterações climáticas registadas em África, e quando a floresta dá lugar à savana. Assim, as espécies de primatas que viviam nesses locais vão ter de adaptar-se a este novo habitat e meio ambiente.

 

Vivendo num ambiente desprotegido e por razões de sobrevivência, estes hominídeos (primatas em transformação) vão ter de progressivamente passar a deslocar–se sobre os dois membros inferiores, até adquirirem completamente a verticalidade.

 

A adaptação a este novo meio ambiente está na origem do surgimento das características que definem a espécie humana:

§         Bípede / erecto

§         Mãos hábeis

§         Cérebro complexo

 

A aquisição da verticalidade (bipedia), a libertação das mãos da sua função locomotora, assim como o desenvolvimento do cérebro e da linguagem são reveladores da progressiva evolução da espécie humana.

 

Os hominídeos sobreviveram e adaptaram–se às diferentes regiões e climas  porque descobriram técnicas e processos de dominar a  natureza . Neste processo foi importante a vida em grupo.

 

 O homem foi o único animal capaz de criar meios técnicos e culturais para sobreviver. Assim o aperfeiçoamento a diversificação e a especialização dos instrumentos, bem como o domínio do fogo foram factores essenciais para o controle progressivo da natureza por parte do homem.

 

O domínio do fogo teria compreendido 3 fases distintas:

1.     Conseguir vencer o medo instintivo (observação de fenómenos naturais como a trovoada, raios, incêndio)

2.     Compreender os benefícios da sua utilização

3.     Conservação do fogo natural e a aprendizagem da sua produção

 

O domínio do fogo possibilitou ao homem:

§         Cozinhar os alimentos (qualidade e quantidade de alimentos)

§         A sobrevivência em locais frios (aquecimento e iluminação)

§         Afastar os animais ferozes (segurança)

§         Transformação dos instrumentos

§         Socialização (convívio)

 

O homem do paleolítico foi essencialmente um recolector e caçador. A caça foi uma actividade que intensificou a socialização e o desenvolvimento das capacidades de comunicação.

 

O fim das glaciações e a consequente melhoria climática tiveram como consequências o aumento da população, o que originou a migração do homem para outras regiões do globo e o alargamento das áreas habitadas.

Comentários

Ainda não existem comentários para este artigo.
Os itens desta lista requerem a aprovação do conteúdo. O item submetido só será apresentado nas vistas públicas depois de aprovado por alguém com os direitos adequados. Mais informações sobre a aprovação de conteúdos.

Título


Corpo *


Anexos